[ editar artigo]

Como o curso Parcerias de Sucesso nasceu

Como o curso Parcerias de Sucesso nasceu

Você que faz parte da comunidade Viva de Conteúdo já deve ter ouvido falar sobre o curso "Parcerias de Sucesso" que tem o objetivo de ajudar criadores de conteúdo, desde digital influencers até blogueiros, a fechar parcerias com marcas.

Embora tenhamos visto cada vez mais uma galera nesse mercado quebrando a cabeça para pensar em um tema para criar um infoproduto, minha história foi diferente. Eu apenas fiz o que nós devemos fazer no nosso dia-a-dia: ouvir o nosso público e ver como podemos ajudá-lo!

Como surgiu a ideia de criar um curso online

Tudo começou no fim de 2018, quando fui convidada a palestrar em um evento para aproximadamente 300 criadores de conteúdo de viagem sobre "Como conseguir resultados em 1 ano". Ao começar a divulgar o evento no Instagram, fiz alguns stories falando que na palestra eu contaria sobre como eu havia conseguido fechar R$40 mil em parcerias em apenas 5 meses, durante um mini sabático que eu havia tirado.

A partir dessas publicações eu comecei a receber muitas mensagens de influenciadores digitais que me acompanhavam, que inclusive tinham MUITO mais seguidores do que eu, me perguntando o que é que eu estava fazendo para ter tanto sucesso, me pedindo consultoria e até me contratando para fazer mídia kit. Foi então que me dei conta de que eu tinha um conhecimento muito relevante, e que o método que eu mesma desenvolvi pra buscar parcerias, estava fazendo toda a diferença pra mim e rapidamente dando resultado para outras pessoas.

Foi ouvindo as pessoas que me seguiam que eu identifiquei a oportunidade de criar um curso, demais né?!

É claro que quando mencionei R$40k em 5 meses com cerca de apenas 10 mil seguidores, eu também recebi mensagens de pessoas que achavam que isso era pura sorte 🙄, mas a verdade é que minha estrutura era bem assertiva por conta de toda a experiência profissional que tive na minha carreira anterior, sem contar estudos.

Como minha carreira anterior e estudos contribuíram para que eu tivesse sucesso nas minhas parcerias mesmo com poucos seguidores

Pra quem não sabe, eu sou formada em administração de empresas com ênfase em marketing pela Fundação Santo André, cheguei a morar nos Estados Unidos por 2 anos enquanto fui au pair (babá) e fiz cursos por lá de Princípios de Negociação, Relações Humanas em Business e Comunicação em Business no West Valley College, além de um curso de Criatividade e Liderança na Stanford University. Muitos desses estudos foram base para que eu pudesse conseguir excelentes oportunidades de trabalho.

Atuei por mais de 10 anos no mundo corporativo com negociações, não apenas para o Brasil, cheguei a negociar contratos também para a América Latina, para a Oceania (enquanto morei na Austrália a trabalho), e até participei de projetos globais, o que me deu a oportunidade de lidar com diversas pessoas, de diversas culturas.

Mas não, não estou falando isso para me gabar, até porque minha história inclui muitos perrengues que você pode conferir aqui, mas a ideia é compartilhar que nada acontece do dia pra noite, que sorte é algo que costuma acontecer quando a gente tem atitude para correr atrás dos nossos objetivos, estuda bastante, valoriza nosso conhecimento e acredita na gente.

Quando deixei o corporativo em Janeiro/2018 eu nem imaginava como minha experiência anterior pudesse me ajudar tanto nessa nova carreira: desde a saber demonstrar meu profissionalismo e valor do meu conteúdo independente da quantidade de seguidores, até ter autoconfiança para buscar parceiros, saber o que colocar e/ou não colocar num e-mail, num mídia kit, o que dizer ao ter a chance de falar com alguém importante num evento, etc.

Como eu já tinha tido a experiência de receber dezenas de e-mails e apresentações por semana de fornecedores que queriam trabalhar comigo, onde pouquíssimas conseguiam me chamar minha atenção, era fácil de eu me colocar no lugar do representante de uma marca e saber quais tipos de informações o fariam prestar a atenção na minha proposta mesmo sem nunca ter ouvido falar no meu nome.

Um ponto interessante também, é que em 2017, quando fechei minhas primeiras parcerias com cerca de 3.700 seguidores, ao buscar informações sobre modelo de e-mail e mídia kit eu não gostava de nada do que eu encontrava, porque eu sabia que era necessário ter uma abordagem estratégica para chamar a atenção dos representantes de marca via e-mail, e que eu precisaria destacar meu real valor no mídia kit (coisa que os templates padrão não fazem já que beneficiam apenas macro influenciadores). E foi por isso que eu resolvi montar meu próprio método.

Sobre o lançamento do curso em 2018 e versão 2.0 em 2020

Nossa primeira turma do curso foi aberta no próprio evento (citado no início do artigo) durante minha palestra, em dezembro de 2018. Deu tudo certo, tive excelentes feedbacks, mas não satisfeita continuei me atualizando, fiz até aula de comunicação em vídeo para aprimorar minhas aulas além de ir mergulhando mais nesse universo de marketing de influência.

Neste ano regravamos o curso inteirinho, incluindo diversas aulas e módulos, disponibilizando material de apoio e entregando ainda mais bônus do que antes inclusive em parceria com a Squid, conseguindo manter o mesmo custo de 2018 para os criadores de conteúdo.

Desde então, já auxiliamos dezenas de criadores de conteúdo a terem sucesso em suas parcerias e saber que meu conhecimento pode transformar a vida das pessoas, não tem preço.

 

 

 

 

 

Viva de Conteúdo
Elaine Villatoro
Elaine Villatoro Seguir

Apaixonada pelas experiências de vida que as viagens proporcionam, Elaine Villatoro é fundadora do blog Live More, Travel More que nasceu em 2014 e desde 2019 é uma empresa de negócios digitais.

Ler conteúdo completo
Indicados para você