[ editar artigo]

Redes Sociais: entenda o que são e para que servem

Redes Sociais: entenda o que são e para que servem

Se há não muito tempo era preciso aguardar o jornal impresso do dia seguinte para saber as notícias, hoje as mídias impressas correm para manter uma vida digital paralela, porque normalmente todo mundo já se atualizou pelo Facebook, Instagram, Twitter...

Se antes aguardávamos ansiosos por um cartão postal, hoje a comunicação é instantânea, graças ao WhatsApp, Messenger e afins.

As redes sociais não só aceleram o fluxo de informações, mas aproximam as distâncias. Elas surgem como uma forma de lembrar ao outro da nossa própria existência, transmitir afetos e oferecer um breve resumo do que somos, e não apenas na esfera pessoal. 

 

O que são redes sociais?

O que são redes sociais

 

O nome ‘rede social’ é um tanto quanto auto explicativo: são complexos sistemas virtuais, como teias, ou tramas, construídas a partir da conexão de indivíduos que integram uma sociedade. Pessoas que compartilham interesses e características dentro de uma mesma comunidade.

Resumindo: redes sociais são plataformas virtuais para conectar pessoas.

 

Qual a importância das redes sociais?

Se considerarmos que, atualmente, quase 4 bilhões de pessoas estão conectadas através das redes sociais, ou seja, mais da metade da população mundial, não é difícil entender porque elas são tão importantes.

Hoje, se você administra qualquer tipo de mídia e produz conteúdo digital, seja através de site, blog, vlog, a atividade nas redes sociais é fundamental não só para dar visibilidade ao seu trabalho, mas para construir seu público, criar uma identificação e uma relação com ele.

O ambiente virtual também favorece a ampliação da sua rede de contatos, o que é bastante relevante para o desenvolvimento profissional.

 

Redes sociais ou mídias sociais?

Muita gente utiliza as duas expressões como sinônimos, mas não são. Vale ressaltar que as “redes sociais” têm a ver com conexões entre pessoas, que estabelecem grupos por afinidades diversas, que, por sua vez, se relacionam com outros grupos, criando essa complexa teia de comunicação entre indivíduos.

Já as “mídias sociais” se referem a um conceito bem mais amplo que envolve o compartilhamento de conteúdo on-line. Por exemplo, esse texto que você está lendo é um conteúdo gerado para uma mídia social, nesse caso, um blog, o Viva de Conteúdo.

Toda rede social é uma mídia social, mas não o contrário. Existem algumas plataformas que dividem opiniões, entre elas o Youtube. Embora seja possível interagir com os usuários, o principal objetivo seria o compartilhamento de conteúdo em forma de vídeo, por isso, há quem não considere a plataforma uma rede social, apenas uma mídia social.

Por aqui, levando em conta o crescimento da interação no Youtube através de comentários, inclusive com a possibilidade de os canais criarem comunidades de membros, vamos considerá-lo não apenas uma mídia social, mas também uma rede social.

 

Quantas redes sociais existem no mundo?

 

Bom, essa é uma pergunta bem difícil de responder. A cada dia surge uma novidade e a lista já ultrapassa 250 redes de utilidades diversas.

Separamos 25 delas para vocês, levando em conta as redes sociais mais usadas no mundo e no Brasil, e também algumas que tem destaque em âmbitos mais específicos, como o profissional.

A 16 primeiras entraram no relatório da DataReportal, atualizado em julho de 2020, como as mais usadas mundialmente:

  1. Facebook
  2. Youtube
  3. WhatsApp
  4. FB Messenger
  5. Wexin/Wechat
  6. Instagram
  7. TikTok
  8. QQ
  9. Sina Weibo
  10. Qzone
  11. Reddit
  12. Douyin
  13. Kuaishou
  14. Snapchat
  15. Pinterest
  16. Twitter
  17. LinkedIn
  18. Skype
  19. Viber
  20. Telegram   
  21. Google+
  22. TripAdvisor
  23. Bebee
  24. Bayt
  25. Tumblr

É importante ressaltar que o Douyin é o nome chinês do TikTok. Eles aparecem separados na lista porque, embora utilizem a mesma marca e continuem sendo da Bytedance, uma empresa chinesa, existem algumas diferenças relevantes.

TikTok foi o nome escolhido para venda no mercado internacional e enquanto o aplicativo cresce internacionalmente, sua versão interna – o Douyin, já está bem mais avançada.

O TikTok que conhecemos é uma espécie de Instagram só de stories, onde você também pode editar os vídeos, aplicar efeitos, comentar e curtir.

Já o Douyin também permite, por exemplo, que você compre produtos através dos vídeos, faça reservas em hotéis e realize visitas virtuais.  

 

Tipos de redes sociais

Qual a importância das redes sociais

Como são muitas redes sociais é possível agrupá-las em alguns tipos. A forma mais comum de classificação é em redes sociais de relacionamento, redes sociais de entretenimento, rede sociais profissionais e redes sociais de nicho. Isso não impede que uma mesma rede seja incluída em mais de um tipo.

 

Redes sociais de relacionamento

É evidente que toda rede social no fundo, no fundo, é uma rede de relacionamento, mas essa classificação é direcionada às redes focadas essencialmente em promover a conexão entre pessoas sem uma motivação específica (profissional ou guiada por um assunto, ou área).

O maior exemplo de rede social de relacionamento é com certeza o Facebook, mas Instagram, Twitter, todas as redes de mensagens instantâneas (WhatsApp) e outras também entram nesse grupo.

 

Redes sociais de entretenimento

As redes de entretenimento seriam aquelas cujo maior foco é o consumo de conteúdo e não a conexão entre as pessoas.

Um grande exemplo de rede de entretenimento é o Youtube. O Pinterest e o TikTok também pode ser considerados redes de entretenimento.

No entanto, Facebook e Instagram também não deixam de ser redes de entretenimento.

 

Redes sociais profissionais

O LinkedIn é talvez a maior referência em termos de rede social profissional aqui no Brasil.

Esse tipo tenta agrupar as redes que têm o objetivo de criar relacionamentos profissionais entre seus usuários.

Outros exemplos de redes sociais profissionais são a espanhola Bebee, voltada para a construção colaborativa de marcas pessoais, e a Bayat, uma rede social focada em divulgar oportunidades de emprego na região do Golfo Pérsico e Oriente Médio.

 

Redes sociais de nicho

As redes de nicho são voltadas a um público específico e também podem se enquadrar em qualquer uma das categorias anteriores.

Um bom exemplo de rede social de nicho, que começou como um site de avaliação de empreendimentos e empresas relacionadas ao setor turístico e cada vez mais assume seu formato de rede social, é o TripAdvisor.

O CouchSurfing, embora não tenha entrado na nossa lista de redes, é um exemplo de rede social de nicho através da qual os usuários se hospedam na casa uns dos outros, de forma gratuita ou paga.

O Twitch, que também não entrou na lista, é uma rede social para gamers, que realiza transmissão de jogos ao vivo.

 

Tem alguma dúvida sobre redes sociais? Coloque aqui nos comentários ;)

 


 

Leia também:

As redes sociais mais usadas no Brasil e no mundo

Redes Sociais: Polêmicas, Linchamento Virtual e Cultura do Cancelamento

 

 

 

Viva de Conteúdo
Elaine Villatoro
Elaine Villatoro Seguir

Apaixonada pelas experiências de vida que as viagens proporcionam, Elaine Villatoro é fundadora do blog Live More, Travel More que nasceu em 2014 e desde 2019 é uma empresa de negócios digitais.

Ler conteúdo completo
Indicados para você